AGORA SÃO 837 MOTIVOS PARA CONTINUAR! ME DÊ MAIS UM MOTIVO!

201 MOTIVOS PARA CONTINUAR ACREDITANDO:

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS... COMEÇA TUDO DE NOVO!

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS, COMEÇA TUDO DE NOVO

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

É CABRAL, NO FINAL QUEM PAGA PELA INCOMPETÊNCIA É SEMPRE O POVO, SEJA COM A VIDA OU COM A FOME!


09/01/2012 22h51
Chuva no RJ faz preço de alimentos subir mais de 100%, diz associação
Quilo do brócolis teve alta de 125%; caixa de vagem foi de R$ 40 para R$ 100. Prejuízo nas lavouras acaba sendo repassado ao consumidor, diz Acergri.

As fortes chuvas que atingem o Rio de Janeiro já têm reflexos na agricultura e nos preços das verduras e legumes, segundo informou a Associação Comercial dos Produtores e Usuários da Ceasa Grande Rio (Acegri) nesta segunda-feira (9). De acordo com a Acergri, alguns alimentos registraram aumento de mais de 100% no atacado.

Entre os produtos que registraram maior alta, ainda segundo a associação, está o brócolis, que teve um aumento de 125%. Na semana passada, o amarrado da verdura, com aproximadamente um quilo, saía a R$ 4. Nesta segunda-feira, os boxes da Ceasa comercializavam a verdura por R$ 9.

A abobrinha, o quiabo, o tomate e a vagem macarrão também já registraram aumento, segundo a Acergri. A caixa da abobrinha, com 14 quilos, passou de R$ 30 para R$ 60. A caixa da vagem macarrão, com aproximadamente 15 quilos, está custando R$ 100, enquanto na semana passada ela custava R$ 40 - um aumento de 150%.  Já o quilo do quiabo, que saía em média a R$ 2,15 nos boxes, nesta segunda-feira estava sendo vendido a R$ 3,60.

“Toneladas de alimentos estão perdidas devido à dificuldade de escoamento e cheias nas áreas de cultivo. Infelizmente, o prejuízo acaba sendo repassado ao consumidor que, além de pagar mais caro, tem menos oferta nos mercados e feiras”, declarou o presidente da Acegri, Waldir Lemos, acrescentando que o tomate registrou alta de 75% se comparado a primeira semana de janeiro.

Alerta máximo

De acordo com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), as cidades que estão em alerta máximo são: Laje do Muriaé, Itaperuna, Cardoso Moreira, Italva, Porciúncula, Natividade, Santo Antônio de Pádua, Bom Jesus do Itabapoana, Campos dos Goytacazes.


Ainda segundo a assessoria do Inea, o estado de alerta máximo não significa necessariamente que esteja chovendo nessas cidades, e sim que há de 80% de chances de transbordamento de rios que passem por essas cidades.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESABAFOU? RIU? BRINCOU? SE COMOVEU? CHOROU? NÃO GOSTOU?
DE QUALQUER FORMA EU TENTEI! TÔ VENDO TUDO ESTÁ FAZENDO SUA PARTE! MAS SE GOSTOU OU NÃO, FAÇA SUA PARTE, COMENTANDO !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...