AGORA SÃO 837 MOTIVOS PARA CONTINUAR! ME DÊ MAIS UM MOTIVO!

201 MOTIVOS PARA CONTINUAR ACREDITANDO:

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS... COMEÇA TUDO DE NOVO!

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS, COMEÇA TUDO DE NOVO

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

BO - BOLETIM DE OCORRÊNCIA - ISSO É ROUBO!



CNJ suspende doações de equipamentos eletrônicos

Uma auditoria da Secretaria de Controle Interno do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que inspecionou 15 tribunais, no final de 2011, constatou o “sumiço” de equipamentos eletrônicos doados pelo órgão aos tribunais de justiça em todo o País. O CNJ não sabia sobre onde teriam sido lotados R$ 6,4 milhões em equipamentos, segundo divulgado no site do CNJ na internet. Somente no Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), o relatório do CNJ aponta que 368 dos 538 equipamentos doados estariam na lista de “sumidos”.

Os equipamentos doados pelo CNJ aos tribunais são computadores, notebooks e impressoras para serem usados originalmente nos setores de informática dos tribunais na capital e principalmente nas varas dos interiores dos Estados, de acordo com a assessoria de imprensa do TJPA.

Os kits de informática são necessários para que os tribunais agilizem os processos judiciais. De acordo com a auditoria, 5.426 equipamentos, no valor de R$ 6,4 milhões, não foram localizados pelos tribunais. Além disso, 3.627 equipamentos, no valor de R$ 2,3 milhões, estão ociosos. A auditoria constatou diversas falhas no emprego dos equipamentos, inclusive a manutenção de computadores no depósito, sem uso, falta de controle de patrimônio e dificuldade de localização dos bens.

A Secretaria de Controle Interno do CNJ descobriu casos de alguns tribunais que não sabiam o destino de quase metade dos bens doados. Mas os próprios tribunais se empenharam na localização dos equipamentos, reduzindo significativamente a quantidade de bens não localizados.

Segundo a assessoria de comunicação do TJPA, o CNJ requereu informações ao tribunal paraense, que teriam sido enviadas em outubro e novembro. O TJPA alega que os computadores e impressoras doados pelo CNJ foram realocados em outros setores em diversas varas de Belém e do interior. No entanto, o setor de informática não teria feito de imediato a devida informação ao sistema do CNJ. A situação do “sumiço” dos equipamentos já teria sido esclarecida, segundo o TJPA.

Em decorrência do relatório da auditoria, o CNJ suspendeu as doações de equipamentos de tecnologia da informação aos tribunais de Justiça da Paraíba, Tocantins, Rio Grande do Norte e Goiás, porque esses tribunais não comprovaram a localização e/ou o uso dos bens doados pelo Conselho.

Segundo o site do CNJ, o órgão já investiu R$ 92 milhões em tecnologia da informação para modernizar os tribunais brasileiros, totalizando mais de 58 mil equipamentos. A auditoria recomendou ao CNJ a revisão da política de doação e distribuição de equipamentos ao Judiciário.

EM NÚMEROS


6,4 milhões de reais é o valor total dos equipamentos de tecnologia doados pelo CNJ aos tribunais que estavam na lista de 'sumidos'.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESABAFOU? RIU? BRINCOU? SE COMOVEU? CHOROU? NÃO GOSTOU?
DE QUALQUER FORMA EU TENTEI! TÔ VENDO TUDO ESTÁ FAZENDO SUA PARTE! MAS SE GOSTOU OU NÃO, FAÇA SUA PARTE, COMENTANDO !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...