AGORA SÃO 837 MOTIVOS PARA CONTINUAR! ME DÊ MAIS UM MOTIVO!

201 MOTIVOS PARA CONTINUAR ACREDITANDO:

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS... COMEÇA TUDO DE NOVO!

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS, COMEÇA TUDO DE NOVO

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

MAIS UM CABIDÃO COM NOSSOS IMPOSTOS! ENQUANTO ISSO, TOMA BACTÉRIA!



Proposta de estatal nacional de extensão rural seguirá para Planalto

A subcomissão do leite, criada pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, vai pedir à presidente Dilma Rousseff a criação de uma empresa brasileira de extensão rural, com o objetivo de formar produtores rurais e capacitá-los para utilizar pesquisas e tecnologias de ponta em suas propriedades.

De acordo com o presidente do colegiado, deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), há um consenso entre os membros da cadeia produtiva sobre a necessidade de investimento na implementação das pesquisas. "Estamos encaminhando para a presidente Dilma uma proposta de criação de uma empresa nacional de extensão rural, porque as tecnologias são desenvolvidas na Embrapa, mas essa pesquisa não está chegando ao produtor", afirmou.

O Brasil possui, segundo Sávio, uma média de produção de leite por vaca ainda muito baixa. "Há conhecimento científico para mudar a situação." Cada vaca brasileira produz, em média, 1.690 litros por ano, enquanto a média anual argentina, por exemplo, é de 5.270 litros anuais, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

O relator da subcomissão, deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), disse que deveria haver um técnico agrícola para cada 100 produtores rurais enquanto a proporção atual é de um para cada 1.200. "O produtor rural brasileiro tem de continuar reduzindo, até 40%, o custo da porteira para dentro. Temos de investir maciçamente em extensão rural."

A Empresa Brasileira de Extensão Rural (Embrater) foi extinta em 1990 pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello. Em 2003, foi criado o Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), órgão do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), para regulamentar a extensão rural e formar novos agentes.

Qualidade do leite

Uma norma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) publicada no fim de 2011, diminuiu o impasse entre governo e produtores sobre a qualidade do leite no país. O tema também foi debatido nas reuniões da subcomissão ao longo do ano passado.

A Instrução Normativa 62/11 determinou que o leite produzido nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste pode ter até 600 mil bactérias por mililitro. O valor anterior era de, no máximo, 750 mil. A quantidade de bactérias será diminuída gradativamente até chegar ao limite mínimo de até 100 mil. No Norte e Nordeste do país, as novas exigências começam a ser cobradas em janeiro de 2013.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária Substituto do Ministério da Agricultura, Ênio Antonio Marques Pereira, a qualidade do leite deve ser garantida com um trabalho conjunto da cadeia produtiva e dos poderes públicos, para auxiliarem com estradas e energia elétrica para as fazendas.

O presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo SantAnna Alvim, também ressaltou a necessidade de uma maior participação do poder público para garantir a qualidade do leite. Ele afirmou que para permitir que a entrega seja feita a cada 48 horas é necessário garantir a infraestrutura para escoar a produção de leite.

A Instrução Normativa 51/02 do ministério previa inicialmente uma redução do limite de Contagem Bacteriana Total (CBT) para 100 mil por mililitro em julho de 2011, depois o prazo foi prorrogado para janeiro de 2012 e, agora, depois da pressão dos produtores, passou para 2016.

ELES FAZEM DO BRASIL E DE NOSSOS IMPOSTOS O QUE ELES QUEREM, NUNCA O QUE NÓS QUEREMOS! SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA?

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESABAFOU? RIU? BRINCOU? SE COMOVEU? CHOROU? NÃO GOSTOU?
DE QUALQUER FORMA EU TENTEI! TÔ VENDO TUDO ESTÁ FAZENDO SUA PARTE! MAS SE GOSTOU OU NÃO, FAÇA SUA PARTE, COMENTANDO !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...