AGORA SÃO 837 MOTIVOS PARA CONTINUAR! ME DÊ MAIS UM MOTIVO!

201 MOTIVOS PARA CONTINUAR ACREDITANDO:

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS... COMEÇA TUDO DE NOVO!

PAGANDO PARA SERMOS FERRADOS, COMEÇA TUDO DE NOVO

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Minha Casa, Minha Vida gastou só 0,07% dos recursos para 2011



Minha Casa, Minha Vida gastou só 0,07% dos recursos para 2011
Mais de 99% do dinheiro desembolsado este ano são de restos a pagar de 2009 e 2010

BRASÍLIA - O Minha Casa, Minha Vida é um dos programas com maior orçamento no governo federal, mas a quase totalidade do dinheiro gasto em 2011 veio de restos a pagar de anos anteriores. De tudo que foi gasto entre janeiro e 22 de novembro, apenas 0,15% - R$ 8,6 milhões - veio de recursos deste ano.

Quando considerado todo o dinheiro previsto em 2011 para o programa, o percentual é ainda menor. Excluindo os restos a pagar, a dotação deste ano é de R$ 12,6 bilhões, mas apenas 0,07% desse valor já foi efetivamente pago. Os dados são da ONG Contas Abertas e foram calculados a partir de informações do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal).

Em 2011, já foram gastos R$ 5,605 bilhões, dos quais R$ 5,597 bilhões são de restos a pagar já desembolsados. Quando considerados os três anos de existência do Minha Casa, Minha Vida, lançado em 2009, já foram previstos R$ 24,6 bilhões. Mas, até 22 de novembro de 2011, apenas R$ 8,7 bilhões (incluindo os restos a pagar) foram utilizados, um índice de 35,6%.

Tocado pelo Ministério das Cidades e tendo como agente executor a Caixa Econômica Federal, o programa atende famílias com renda mensal de até R$ 5 mil. Parte dos recursos se destina especificamente para famílias de renda mais baixa. O objetivo é a construção de 2 milhões de moradias até 2014.

Lançado em abril de 2009 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o programa se transformou em peça de propaganda da candidatura vitoriosa de Dilma Rousseff à presidência em 2010. Apesar disso, nos dois anos, ainda segundo o Contas Abertas, foi baixa a aplicação de recursos, embora maior que em 2011.

Em 2009, havia R$ 5,25 bilhões previstos, dos quais 29,94% - R$ 1,57 bilhão - foram pagos. Em 2010, dos R$ 6,68 bilhões previstos, apenas 2,15% - R$ 143,32 milhões - foram gastos. No ano passado, assim como agora, o volume de restos a pagar do ano anterior foi mais expressivo: R$ 1,428 bilhão, representando 90,88% do total desembolsado em 2010.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESABAFOU? RIU? BRINCOU? SE COMOVEU? CHOROU? NÃO GOSTOU?
DE QUALQUER FORMA EU TENTEI! TÔ VENDO TUDO ESTÁ FAZENDO SUA PARTE! MAS SE GOSTOU OU NÃO, FAÇA SUA PARTE, COMENTANDO !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...